Cuidados oculares

A visão, o sentido mais desenvolvido no homem, é importante para o aprendizado, para a locomoção e para que se desfrutem as relações com o meio ambiente. Sua eficiência depende do funcionamento integrado de um sistema complexo, que é constituído pelos olhos e pelo cérebro.

A imagem focada na parte posterior do olho é captada por mais de cem milhões de células visuais em cada olho e, sendo processada nas retinas, transmite-se, através de mais de um milhão de fibras em cada nervo óptico, aos centros da visão, no cérebro. A qualidade dos cuidados oculares envolve todos os aspectos da ciência médica, no sentido de obter, preservar e recuperar a melhor visão possível para cada indivíduo.

Os mais importantes elementos, na qualidade dos cuidados oculares, são a qualificação dos profissionais e os tipos de exames oculares, a indicação e a freqüência dos exames. Como linhas gerais, referimos, a seguir, as recomendações relacionadas à freqüência dos exames, em crianças e adultos.